0

PENSAMENTO POSITIVO… FALAR É FÁCIL, O DIFÍCIL É MANTÊ-LO

Jaqueline Parrode

Começar o dia assistindo o Bom Dia São Paulo, seguido pelas manchetes dos jornais e os destaques da Internet, não vem contribuindo em nada com o tal do pensamento positivo. Afinal, as notícias do Brasil de hoje não estão nada animadoras.

E nesse cenário de incertezas, enfrentar longos meses de desemprego não torna fácil para ninguém manter o sorriso no rosto e o otimismo presente em pensamentos e atitudes. Pelo contrário, o pessimismo tende a ocupar um grandíssimo e inconveniente espaço todos os dias.

Por outro lado, sabe-se que se entregar ao desânimo e ao pessimismo não contribui para que as coisas melhorem.

E como fazer, então, para se manter estruturado e confiante em meio a tantas adversidades?

Gosto da ideia de substituir o conceito do pensamento positivo pelo “manter o foco”. Quando definimos uma meta clara e nos concentramos em chegar até ela, as dificuldades que vivemos no meio do caminho passam a ser secundárias em relação ao que queremos.

Foi reprovado em mais um processo seletivo? Extraia os aprendizados da experiência e lembre-se de qual é seu foco. Entristecer-se no momento da notícia negativa é natural, mas ficar lamentando-se dia após dia não lhe trará um emprego novo.

No lugar disso, pare e faça uma análise minuciosa das informações contidas em seu currículo (experiência, formação acadêmica, área de atuação…), pesquise sobre as exigências que  empresas de seu interesse estão praticando, avalie sua trajetória profissional, etc.

Ao final, você saberá o que fazer para aumentar suas vantagens em relação aos candidatos concorrentes. E esteja preparado para se adaptar.

Assim não falamos meramente em pensamento positivo, e sim, em um conjunto de elementos que envolvem foco, clareza de propósito, ação e melhoria.

O segredo está no “agir positivamente” frente às dificuldades e desafios. Possivelmente é o que mudará seus resultados!

Nota: Substitua o conceito do pensamento positivo pelo “manter o foco”. Para tanto, tenha claro sua meta e mantenha-se no caminho em direção a ela. Saber o que quer é o primeiro passo para o sucesso, e se é recolocação que está buscando concentre-se no resultado final. As frustrações no meio do caminho são naturais, mas devem servir exclusivamente de experiência e não como palco de lamentações.

Sobre a Autora:

Jaqueline Freitas Parrode é graduada em Psicologia e pós-graduada no MBA em Gestão Empresarial pela FGV. Formada em coaching profissional e de vida pelo IBC. Tem experiência de 14 anos na área de Recursos Humanos em empresas nacionais e multinacionais, com foco em educação corporativa e desenvolvimento de pessoas. Tem forte atuação no desenvolvimento de lideranças, processos de avaliação de desempenho e gestão de carreiras.

eMail: Jaqueline@jaquelineparrode.com 

Site: http://www.jaquelineparrode.com

Filed in: Jaqueline Parrode Tags: , ,

Fique por Dentro!

Compartilhe

Related Posts

Comente

Enviar

2006 © 2017 RHevista RH. All rights reserved.