2

Profissionais em Gerenciamento de Projetos Servem para Qualquer Organização?

Luis Augusto dos Santos

Luis Augusto dos Santos

Introdução

O Project Management Institute (PMI®) tem em sua visão: “Fazer o gerenciamento de projetos indispensável para os resultados do negócio®”. É uma associação internacional sem fins lucrativos de profissionais em gerenciamento de projetos que compartilha as boas práticas globais de gerenciamento de projetos por meio de pesquisas de boas práticas e a publicação de padrões. Padrões processos de gerenciamento de projetos, competências. Atualmente, possui mais de 360.000 membros e no Brasil passa de 11.000 membros e com 14 representações do PMI em estados brasileiros.

O PMI declara por meio de um de seus padrões, o Guia PMBOK®: “Um projeto é um esforço temporário empreendido para criar um produto ou serviço ou resultado exclusivo”, temporário porque existe um início, meio e fim, já o exclusivo é uma entrega final para a operação. A operação difere de projetos, pois a uma é voltada para ações rotineiras e outra para planejamento de novas ações. Organizações com mais maturidade em gerenciamento de projetos possuem programas que são projetos relacionados, os quais devem ser gerenciados em conjunto para a obtenção de um ou mais benefícios estratégicos, ainda, o gerenciamento de portfólio que é uma lista de projetos para serem avaliados, selecionados e priorizados segundo as estratégias da organização.

As certificações do PMI

O PMI promove várias certificações de profissionais e são reconhecidas no mercado. Os profissionais que se candidatam a obtê-las iniciam pela apresentação de seu histórico de vivência em projetos, passam por um exame de 150 a 200 questões de duração de três a quatro horas, dependendo da certificação e as renovam a cada três anos demonstrando envolvimento e treinamento na área. A Tabela 1 apresenta algumas certificações do PMI, suas exigências mínimas para se habilitar ao exame e total membros ativos no Brasil.

Tabela 1. Certificações.

Fonte: http://www.pmisp.org.br/enews/edicao1112/em_numeros.asp, acesso dezembro/2011.

Tabela 1

 

Síntese de descrição de cargos e salários no Brasil

Em recente pesquisa salarial (Project Management Survey 7th, PMI, 2011) com mais de 30.000 respondentes em 29 países, na qual participaram 901 profissionais que trabalham no Brasil, apresentou uma série de estratificações desses profissionais. Tabela 2 apresenta as médias salariais dos dados coletados.

Tabela 2. Síntese de cargos.

Tabela 2

A pesquisa também apresenta a mediana e os percentis, também estratifica os salários por orçamento do projeto, tamanho da equipe, porte da organização e totais de entrevistados por cargo, entre outras informações.

Algumas estratificações foram: 60% lidavam com orçamentos superiores a USD 500 mil; 55% dos pesquisados possuíam equipes superiores a 10 integrantes; 71% trabalham em organizações com mais de 1.000 funcionários; e 50% dos pesquisados possuíam o cargo de Gerente de Projetos (Sênior e Pleno).

Considerações

Mas afinal, toda organização precisa de um gerente de projetos (ou de programas e portfólio)?

Profissionais identificam uma boa maturidade em gerenciamento de projetos das organizações ao lerem anúncios, onde se pede: Profissional com domínio das boas práticas propostas pelo PMI (o instituto). A certificação PMP será um diferencial. Experiente na adoção de metodologia com base no PMBOK (que é um guia de boas práticas e não uma metodologia).

Sabem que existem organizações que possuem mais foco nas operações, isto é a manutenção e geração de valor aos seus clientes e parte de seus negócios em projetos, ou seja, a geração de novos valores. Outras organizações têm mais foco em projetos, pois é o seu negócio, empresas de engenharia, consultorias, TI (a pesquisa constatou 33% dos entrevistados), Telecom e Mineração, dentre os mais presentes na pesquisa.

Profissionais de projetos lidam melhor com o desafio de tratar as incertezas do planejamento, que estimativas são aprimoradas no ciclo de vida do projeto, que haverá pressões de controle de prazos e custos, que é normal as subjetividades da qualidade das expectativas futuras dos envolvidos no projeto, principalmente, em liderar uma equipe multidisciplinar sem ter a autoridade de chefia, mas a responsabilidade do sucesso do projeto. 

Organizações não vivem de projetos, em sua maioria, necessitam que seus colaboradores tenham o conhecimento para planejar mudanças, iniciativas, inovações, P&D ou organizar novas idéias em seus produtos e serviços. Mudanças que devem ocorrer no menor tempo possível, em um custo aceitável e na qualidade exigida. Colaboradores que saibam lidar com as incertezas e riscos das mudanças radicais ou evolucionárias.

Portanto, o profissional reconhece a maturidade da organização onde entende que será valorizado o seu conhecimento, ou está à procura de desafios em fazer a adoção de boas práticas de projetos na organização.

Mas enfim, “Todos querem um forte gestor de projeto, até o momento que ele comece a trabalhar.” (Michael Krigsman. CEO, Asuret Inc.)

Sobre o Autor:

Luis Augusto dos Santos, PMP é consultor em gerenciamento de projetos, programas e portfólio. Professor de MBA na FEI e Mackenzie em gerenciamento de projetos. Ex-Presidente do Project Management Institute, Capítulo São Paulo, Brasil.

email: las@pgp5.com.br

sites recomendados : www.pmi.org e www.pmisp.org.br

Filed in: Carreira, Luis Augusto dos Santos Tags: , , , , , , ,

Fique por Dentro!

Compartilhe

Related Posts

2 Comentários em "Profissionais em Gerenciamento de Projetos Servem para Qualquer Organização?"

  1. Eduardo Augusto dos Santos disse:

    Luis sensacional, matéria completa esclarecedora e muito competente.
    Concordo com suas colocações inclusive estava consultando sobre o assunto agora a pouco pois me interessei pelo assunto e por fazer um curso sobre o tema. Vou seguir suas orientações.
    Abraço

  2. Christophe disse:

    Oi Luis, tudo bem ?

    Excelente a matéria tanto do ponto de vista dos dados que da filosofia. Hoje no mercado de trabalho todas as empresas não precisam de “Gerente de Projetos” mas todas precisam de pessoas com competências de Gerente de Projetos

    Abraços

Comente

Enviar

2006 © 2017 RHevista RH. All rights reserved.